Brasil entra no ranking dos 10 maiores produtores de energia solar do mundo

O Brasil é considerado um dos melhores países do mundo para a produção de energia solar, por apresentar condições climáticas e territoriais para a instalação de placas solares e usinas fotovoltaicas.

Além de condições ideais, recentemente o Brasil foi incluído no ranking dos dez maiores países produtores de energia solar. Com a nova classificação, o país sul-americano é o nono da lista.

Embora a energia solar seja responsável apenas por 1,7% de todo o consumo de energia elétrica no Brasil, o país é um dos maiores do mundo em relação a produção de energia limpa através do sol.

Ranking de maiores produtores de energia solar

Adicionado recentemente ao ranking das dez maiores potências de energia solar do mundo, o Brasil aumentou em 3,2 Gigawatts (GW) a produção de energia através do sol em 2020.

Com essa nova potência de produção, o país alcançou a nona posição no ranking, que é liderado pela China. Se depender da Light Defi (LIGHT), a potência de produção de energia solar do Brasil pode aumentar em 2022.

O token pretende construir uma usina fotovoltaica para a produção de energia solar em breve. No final, o projeto terá uma capacidade de produção de 20 MegaWatts (MW) mensal, que será contabilizado na produção anual de energia solar do Brasil.

De acordo com o ranking produzido pela Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), a China é o país que mais produz energia solar no mundo, seguido dos Estados Unidos em segundo lugar.

Em terceiro lugar na lista com os maiores produtores de energia solar, o Vietnã investe em sustentabilidade, assim como a Light DeFi. Por fim, em quarto lugar está o Japão no ranking, seguido da Alemanha, considerada o quinto maior produtor de energia solar do mundo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *