Cientista da ONU alerta que “o pior ainda está por vir” em relação às mudanças climáticas

Cientista da ONU alerta que “o pior ainda está por vir” em relação às mudanças climáticas

A Organização das Nações Unidas (ONU) emitiu alerta vermelho em um relatório sobre as mudanças climáticas. Publicado em agosto de 2021, o estudo alerta que a temperatura global deve continuar aumentando de forma preocupante em todo o mundo.

Em busca de conscientizar a população sobre as mudanças provocadas pela exploração desenfreada de recursos naturais aliada a emissão de CO², o cientista Kim Cobb publicou uma previsão nada agradável para o planeta Terra.

De acordo com o cientista da ONU, as mudanças climáticas vivenciadas atualmente não são nada em comparação com o futuro do planeta. Cobb disse que “o pior ainda está por vir”, e que estamos entrando em um território desconhecido.

É por isso que iniciativas como a Light DeFi (LIGHT) podem fazer a diferença para um mundo cada vez mais sustentável. Ao desenvolver uma fonte de energia renovável, a Light DeFi terá um projeto de energia limpa, que contribuirá para a preservação do meio ambiente.

O pior das mudanças climáticas

O mundo sofre com os impactos provocados pela mudança climática que atingiram escala global. Recentemente, os Estados Unidos sofreram com adversidades provocadas pela mudança climática.

Com chuvas que não eram vistas há 150 anos em Nova York e parte do país ardendo em um incêndio florestal sem controle, os Estados Unidos presenciam a reação da natureza com a temperatura aumentando.

Se agora essa mudança climática provoca estragos incalculáveis, no futuro essa destruição pode ser ainda maior. O cientista da ONU diz que não existem informações sobre como o mundo se comportará nas próximas décadas.

Cobb alerta para o desconhecimento das mudanças climáticas no futuro. Para o cientista, o que a população enfrentará nos próximos anos é totalmente desconhecido.

“Não sabemos o que está por vir, mas será ruim. Estamos entrando em um território desconhecido com a mudança climática. O clima em que vivemos hoje não será o clima em que viveremos nas próximas décadas”

Energia sustentável pode mudar isso

O cientista da ONU foi enfático ao dizer que é preciso frear a emissão de gases de efeito estufa para atenuar as mudanças climáticas que estão por vir. Como alternativa, a produção de energia sustentável pode ser uma importante aliada nesse combate.

Segundo o ECycle, o desmatamento, o transporte e a agropecuária são as principais fontes de emissão de gases de efeito estufa atualmente no Brasil. Com fontes de energia renovável, essa emissão pode ser reduzida drasticamente.

Além da preservação de florestas, as mudanças climáticas podem ser reduzidas com a produção de energia limpa, como é o caso da energia solar, por exemplo, que pode substituir combustíveis fósseis no transporte.

A Light DeFi – um token que pensa no futuro – está desenvolvendo um sistema de produção de energia solar no Brasil. Através de parte da taxa de rede do token, em breve uma usina fotovoltaica será construída na Bahia.

O projeto pretende criar uma fonte de energia solar que produzirá 200MW futuramente, energia suficiente para abastecer mais de 110 mil casas populares.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *