Rocelo Lopes é advisor do token Light DeFi (LIGHT)

Um dos maiores diferenciais da Light DeFi (LIGHT) é contar com uma equipe altamente especializada em criptoativos desde o início. Essa equipe orienta o projeto desde que o token foi lançado no mercado no dia 8 de agosto de 2021.

A Light DeFi desenvolve uma plataforma de produção de energia sustentável e possui como principais valores do projeto, a transparência, descentralização e sustentabilidade.

Como principal advisor, a Light DeFi conta com o empresário Rocelo Lopes, considerado um dos quatro maiores nomes do mercado de criptoativos do Brasil, o especialista agora é o orientador do token LIGHT. 

Advisor da Light DeFi

Em busca de criar um projeto com grande credibilidade no mercado, a Light DeFi desenvolve sua reputação através de resultados. No primeiro mês de lançamento, o criptoativo conseguiu um certificado da Certik.

A Certik é considerada a maior empresa de auditoria de plataformas que utiliza tecnologia blockchain, e já auditou grandes projetos como a Binance e a PancakeSwap, por exemplo.

A Light DeFi não mede esforços ao garantir o apoio de grandes nomes da indústria como Rocelo Lopes. O empresário, que criou o Blue Token e a CoinBr, é o principal advisor do token LIGHT.

Rocelo Lopes

A vida de Rocelo Lopes se mistura com o surgimento do mercado de criptoativos no Brasil. Tudo começou em 2013, quando ele recebeu pouco mais de mil bitcoins (BTC), de um cliente na África do Sul.

Desde então, Lopes se transformou em um dos maiores nomes do criptomercado, e foi considerado pelo Cointelegraph Brasil como um dos quatro maiores nomes do mercado de Bitcoin no país.

Lado a lado, a Light DeFi e Rocelo Lopes somam forças para transformar o mercado de criptoativos. Além de advisor, Lopes é fundador da Othos telecom, uma das primeiras empresas de telefonia criptografada do mundo, e foi o responsável pelo desenvolvimento do API que a Light DeFi usa para vender tokens através do Pix.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *