São Paulo pode aprovar projeto de lei para financiar energia solar

A energia solar pode ser uma alternativa viável para outros tipos de combustíveis. Sem poluir ou degradar o meio ambiente e com grande capacidade de produção, governos como o do Estado de São Paulo podem financiar projetos para desenvolver energia sustentável.

A Light Defi representa uma revolução no mercado por desenvolver uma iniciativa que está atraindo todo o mundo. A produção de energia solar é o futuro do abastecimento de casas, do setor industrial e até dos automóveis.

Pensando nisso, São Paulo pode iniciar um processo de investimento massivo de projetos como a Light DeFi. Um projeto de lei sobre a produção de energia solar foi aprovado na Comissão Especial, e pode ser votado pelos deputados federais em breve.

Projeto de lei precisa ser aprovado

A Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo aprovou um projeto de lei que pretende financiar iniciativas de produção de energia solar.

Chamado de Projeto de Lei 364/2019. a proposta legislativa deverá ser votada entre os deputados estaduais antes de ser sancionada pelo governador do estado, João Dória (PSDB). Apresentado pelo deputado estadual Sebastião Santos (Republicanos), o projeto pretende destinar recursos para a geração de energia solar.

De acordo com a proposta, os projetos para a geração de energia solar devem ser financiados pelo Fundo Especial de Despesa de Reparação de Interesses Difusos Lesados no Ministério Público do Estado.

Se for aprovado, o projeto de lei prevê que 10% do valor total arrecadado por este fundo seja destinado à produção de energia solar pelo estado. Assim como pretende a Light DeFi em breve, os projetos financiados pelo Estado de São Paulo devem produzir energia limpa e sustentável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *